Blog

Quais as diferenças entre segurança contratada e segurança terceirizada?

image1 (2).jpg

Uma segurança patrimonial eficiente deve contar com um planejamento adequado para diferentes realidades e ações efetivas programadas e treinadas para prevenir, conter, preservar e reduzir situações de risco. Para tanto, é indispensável deter conhecimentos específicos para proceder a análise, o planejamento, a implantação e a execução de medidas de segurança, e saber tomar atitudes muitas vezes sob situações de risco até de vida. Para prédios, casas, empresas, condomínios comerciais e residenciais, há duas alternativas profissionais: a segurança contratada e a segurança terceirizada.

Saiba agora quais são as diferentes entre elas:

Segurança contratada

Excelentes profissionais da área de segurança estão à disposição no mercado, muitos para contratação imediata. Quando uma empresa resolve contratar um colaborador ou vários para a área de segurança, geralmente a intenção é poder controlar o trabalho da equipe e as atitudes que serão tomadas, além do tipo de sistema e sua operação. Contudo, esse tipo de contratação carrega algumas impropriedades, como a impossibilidade de conferir exatamente a formação do profissional, sua experiência e preparo para o trabalho, que não é fácil. Desse modo, o condomínio, por exemplo, fica responsável por toda a responsabilidade legal sobre seus funcionários da área de segurança, incluindo a prestação de contas junto à Polícia Federal e a outros órgãos reguladores da área. Seleção, formação, reciclagem, aquisição e registro de armamento e autorização para serviço orgânico de vigilância patrimonial.

Segurança terceirizada

Quando o serviço de uma empresa de segurança terceirizada é contratado, todas as burocracias ficam a cargo da empresa contratada. A gestão do condomínio, prédio, empresa não vai precisar se preocupar com questões como o treinamento dos profissionais, já que a capacitação e a reciclagem de pessoal ficam sob a responsabilidade da empresa contratada. Melhor: a atualização na formação dos profissionais é feita constantemente e baseada em estudos e na própria experiência da organização contratada. Com a exclusão dos gastos com pessoal, a economia também vem com a admissão de uma empresa de segurança, já que não serão pagos encargos trabalhistas. Custos com a segurança podem ser previstos de forma mais incisiva, já que haverá apenas um valor a ser pago mensalmente à empresa contratada. Os profissionais de segurança são aproveitados de forma a cumprir com as necessidades e evitar contratações desnecessárias.

O primordial é saber que o controle de entrada e saída de pessoas e veículos de qualquer ambiente é peça fundamental na segurança de condomínios e empresas. Além de ter um rigoroso processo seletivo, o Grupo Torquato Freire treina seu pessoal de acordo com as normas e procedimentos específicos de acordo com a necessidade de cada cliente. Nossos colaboradores são sempre orientados à manter uma boa apresentação pessoal, serem cordiais e terem um altíssimo nível de responsabilidade de comprometimento com a função exercida.

Conte conosco e com nossa expertise!